Notícias

Data: 2017-06-12
  • VM

Uma tela de 30 metros com a imagem da XXI Viagem Medieval cobre uma das fachadas do edifício da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, junto à emblemática Praça Gaspar Moreira, palco privilegiado de animação e recriações medievais durante o evento. A nova imagem também está presente na rede outdors do Norte e Centro do país.

O minucioso trabalho de arte digital e a dimensão dos formatos são as marcas diferenciadoras desta nova imagem de produção cinematográfica. Inspirada no reinado de D. Afonso IV “O Bravo” e na trilogia dos horrores que marcou o seu reinado – Fome, Peste e Guerra – a nova imagem da Viagem Medieval é uma composição digital que traduz a dicotomia luz/trevas e ostenta a bravura do rei, não apenas no campo de batalha, mas também na forma visionária como superou todas as vicissitudes do seu reinado e se virou para o mar.

O reconhecido fotógrafo de moda Frederico Martins, natural de Santa Maria da Feira, que trabalha para revistas internacionais como a Vogue, Dsection, Máxima, Elle, GQ e H-Magazine, foi o escolhido para fotografar o médico-dentista feirense Ricardo Henriques, que vestiu a pele D. Afonso IV ao vencer o casting para o rosto o cartaz, depois de anos sucessivos a participar como guerreiro nos espetáculos de grande formato da Viagem Medieval.

Na LaLaLand Studios, “O Bravo” passou horas a fio com pesados acessórios de armamento defensivo, cedidos por Paulo Santos, responsável pela companhia feirense Décadas de Sonho, até captarem a expressão ideal. O trabalho de arte digital é também da responsabilidade de um feirense que faz equipa com o fotógrafo Frederico Martins. José Paulo Reis não esconde o seu entusiasmo com a complexidade e dimensão da composição que criou para a imagem final do cartaz. “Foi o maior ficheiro que alguma vez produzimos com tantas camadas de elementos trabalhados em fotoshop”, refere.

A nova imagem da Viagem Medieval é uma composição de vários elementos, como a figura de D. Afonso IV, a peste, a guerra, a luz e as trevas, a aventura pelo mar, que nesses tempos estaria mais recuado para terra, e lá no alto o Castelo de Santa Maria, que serviu de farol para os barcos que à época passavam junto à costa. “É uma imagem pouco comum, que conjuga todos estes elementos em várias camadas de fotoshop. Para chegar à imagem final foram necessárias cerca de 300 layers, o que é uma coisa brutal”, explica José Paulo Reis.

“O sucesso da Viagem Medieval é o resultado do trabalho, dedicação e envolvimento de centenas de  feirenses nas mais diversas áreas. A participação destes quatro jovens de Santa Maria da Feira na criação e produção de uma imagem promocional com esta grandeza e complexidade vem demonstrar, mais uma vez, que o nosso concelho tem profissionais qualificados em todos os domínios e, acima de tudo, tem gente capaz, que valoriza e dignifica as suas raízes e a sua identidade”, considera o presidente da Câmara, Emídio Sousa.

A Viagem Medieval, que em janeiro deste ano recebeu dois prémios internacionais na Irlanda – 1º Prémio “Best Cultural Event” e 2º Prémio “Global Eventex Awards” – realiza-se de 2 a 13 de agosto, no centro histórico de Santa Maria da Feira. O evento é organizada pela Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, empresa municipal Feira Viva e Federação das Coletividades de Cultura e Recreio do Concelho.

A pulseira e os bilhetes de acesso ao evento já se encontram à venda na Bilheteira OnLine (www.bol.pt).